*(LITERATURA CLANDESTINA REVOLUCIONÁRIA)*MICHEL FOUCAULT LIBERTE-ME.

VC LEU MICHEL FOUCAULT,NÃO?ENTÃO O QUE VC ESTÁ ESPERANDO FILHO DA PUTA?ELE É A CHAVE DA EVOLUÇÃO DOS HUMANOS.HISTORIA DA LOUCURA,NASCIMENTO DA CLINICA,AS PALAVRAS E AS COISAS,ARQUEOLOGIA DO SABER,A ORDEM DO DISCURSO,EU PIERRE RIVIÉRE,A VERDADE E AS FORMAS JURÍDICAS,VIGIAR E PUNIR,HISTORIA DA SEXUALIDADE,EM DEFESA DA SOCIEDADE,OS ANORMAIS...EVOLUÇÃO OU MORTE!

Monday, September 25, 2006

Catolicismo e Nazismo















Comparar a ideologia nazista, que atualmente no Brasil é considerada crime, ao catolicismo que "só quer o $bem$" para (d@s) seus/suas irmãos e irmãs.....não seria isso apenas exagero de um herege ? A resposta é não, a igreja católica esteve e está intimamente ligada ao nazismo/fascismo, a história prova isso como segue no texto abaixo.
A região da Itália no ano de 1870 estava dividida em três partes : o norte em posse da burguesia industrial, o sul agrícola tendo como líder Garibaldi e o centro cujas terras estavam sobre o poder do Papa Pio IX. O sul e o norte queriam unificar a Itália para acabarem com os impostos que enfrentavam para vender e comprar mercadorias, pois para isso tinham que passar pelo centro, onde o papa ficava com os impostos sobre os produtos, porém não conseguiam a unificação pois o papa era contrário a esta e com um exército cedido pela França impedia a unificação.
Ainda no ano de 1870 se inicia a guerra franco-prussiana envolvendo Alemanha e França, assim a França que cedia o exército ao papa retira esse exército da Itália unindo suas forças contra a Alemanha, sem defesa armada o papa perde suas terras o sul e o norte conseguem unificar a Itália e instauram um regime monárquico constitucional.
O Papa Pio IX derrotado se exila em Roma, tal exílio dura de 1870 a 1929, nesse período o Papa Pio IX morre assume Pio X que continua com o exílio até assumir o Papa Pio XI.
Nesse período aparece na Itália Benito Mussolini espalhando o ideal Fascista que, muito semelhante ao nazismo, prega a supremacia de raças, um estado totalitarista, o catolicismo, a xenofobia , o machismo, e a exclusão e matança de homossexuais, judeus, deficientes físicos e mentais, e outras minorias consideradas inferiores pelos princípios fascistas.
Em 1929 98% da população italiana era católica, Mussolini, que pretendia chegar ao poder na Itália, pede apoio ao Papa Pio XI para a concretização de seus objetivos, em troca lhe cede terras para a criação de um estado ( o Vaticano ), entre outros bens como ações nas empresas automotoras FIAT e Alfa Romeo. Com o apoio do Papa que exercia grande influência sobre toda a população católica da Itália, Mussolini não enfrenta problemas para chegar ao poder na Itália e instaurar sua ditadura fascista começando assim o extermínio de tod@s que não se encaixavam em sua definição de raça superior.
O fascismo já estava instaurado no Itália e o nazismo caminhava para o mesmo caminho na Alemanha. Era época de eleição na Alemanha, o Partido Nazista, com Adolf Hitler como candidato a presidência, estava em segundo lugar, segundo as pesquisas o Partido Cristão ganharia novamente as eleições, é então que novamente o Papa Pio XI aparece simpatizando muito com os ideais anti-semita ( anti-judeu ) de Hitler. Mais um acordo é feito, Hitler, um exímio católico promete que se chegar ao poder manterá os colégios salesianos na Alemanha e continuaria com sua política anti-semita, assim o Papa Pio XI dissolve o Partido Cristão alegando que a igreja não devia se misturar com política. Hitler chega ao poder e logo vem a Segunda Guerra Mundial, e o holocausto com milhões de mortos em batalha e 6 milhões de judeus mortos nos campos de concentração.
Durante o holocausto o Papa era o Pio XII, Hitler matava os judeus em nome de sua fé cristã, em nome de seu deus (?), é óbvio que sendo católico ele tinha um grande respeito pela autoridade papal, e é óbvio também que com um apelo do Papa Pio XII ele teria parado com o holocausto, ou ao menos diminuído o extermínio dos judeus. mas não foi isso que aconteceu, pois o Papa Pio XII se omitiu durante todo o holocausto não movendo um dedo para acabar impedir que o massacre continuasse, suas únicas declarações eram que Hitler era um católico mas não uma autoridade dentro da hierarquia católica então suas atitudes não eram de responsabilidade da igreja.
Acordos, omissão, apoio, essas foram as táticas da igreja para ajudar o nazismo e o fascismo crescer, não apenas para com isso ganhar poder e dinheiro mas também por uma simpatia com os ideais nazi-fascistas. Não matarás? Acho que esse é um dos mandamentos de deus (?), acho que ele se esqueceu de fazer um XI mandamento: Não se omitirá , quem sabe assim algo teria sido feito para evitar que o sangue de milhões fosse derramado.
O Destruidor de Dogmas

2 Comments:

  • At 3/10/2008, Anonymous Neide said…

    Gostei muito do esclarecimento deixado em sua página sobre a participação de clérigos católicos na segunda guerra mundial, dai eu te pergunto:
    A paz na terra é possível?
    Apenas um governo de origem divina pode mudar a sociedade humana.
    Profecias bíblicas, como as de Mateus capítulo 24 e 2 Timóteo 3:1-5, indicam que o governo de Deus está prestes a fazer exatamente isso...

     
  • At 6/30/2015, Anonymous Anonymous said…

    Destruidor de dogmas,
    leia um pouco mais. Deixe de ser ignorante.

     

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home