*(LITERATURA CLANDESTINA REVOLUCIONÁRIA)*MICHEL FOUCAULT LIBERTE-ME.

VC LEU MICHEL FOUCAULT,NÃO?ENTÃO O QUE VC ESTÁ ESPERANDO FILHO DA PUTA?ELE É A CHAVE DA EVOLUÇÃO DOS HUMANOS.HISTORIA DA LOUCURA,NASCIMENTO DA CLINICA,AS PALAVRAS E AS COISAS,ARQUEOLOGIA DO SABER,A ORDEM DO DISCURSO,EU PIERRE RIVIÉRE,A VERDADE E AS FORMAS JURÍDICAS,VIGIAR E PUNIR,HISTORIA DA SEXUALIDADE,EM DEFESA DA SOCIEDADE,OS ANORMAIS...EVOLUÇÃO OU MORTE!

Tuesday, February 27, 2007

boa leitura.ou vc pode ficar em frente a tv,vendo sei la o que?????

Autoritarismo e Anarquismo:
A "União Geral dos Anarquistas", deverá eleger um comitê para comandar a direção ideológica e prática de todo o movimento. Alguns terão o direito exclusivo de ditar aos anarquistas o que devem fazer e pensar. Mas a verdade anarquista não pode e não deve se tornar o monopólio de um indivíduo ou de um cômite.

o Estado e Seu Papel Histórico:
Nós vemos no Estado uma instituição desenvolvida através da história das sociedades humanas para impedir a união direta entre os homens, para entravar o desenvolvimento da iniciativa local e individual, para aniquilar as liberdades que existiam, para impedir a sua nova eclosão e submeter as massas aos interesses, egoísmos e ambições das minorias ociosas e autoritárias. E sabemos muito bem que uma instituição que tenha um passado de milhares e milhares de anos não pode desempenhar uma função diferente daquela para que foi criada, nem diferente daquela em que se desenvolveu no decurso da história.
os Anarquistas e as Eleições:Não é pela política e pelos políticos que aqueles que querem ser eles próprios conseguirão sua emancipação. É, ao contrário, para aniquilar a ação nefasta desses parasitas que eles conduzirão seus esforços desmascarando as mentiras, e realizando pela associação, com aqueles que pensam como eles, o que acreditarem ser o mais apropriado para liberá-los.
Jean Grave
O sufrágio universal é a exibição ao mesmo tempo mais ampla e refinada do charlatanismo político do Estado; um instrumento perigoso, sem dúvida, e que exige uma grande habilidade da parte de quem o utiliza, mas que, se souber servir-se dele, é o meio mais seguro de fazer com que as massas cooperem na edificação de sua própria prisão.
Mikhail Bakunin.
Palavras de um Revoltado:"Os socialistas já fizeram muitas vezes a história da gênese do Capital. Contaram como ele nasceu das guerras e dos despojos, da escravidão, da servidão, da fraude e da exploração moderna. Mostraram como se nutriu do sangue do operário e, pouco a pouco, conquistou o mundo inteiro. Devem ainda fazer a mesma história no que concerne à gênese e ao desenvolvimento da Lei. [...] Feita para garantir os frutos da pilhagem, do açambarcamento e da exploração, a Lei seguiu as mesmas fases do desenvolvimento do Capital: irmão e irmã gêmeos, caminharam de mãos dadas, nutrindo-se ambos dos sofrimentos e das misérias da Humanidade". Piotr Kropotkin



Notas Sobre o Anarquismo:Neste livro é apresentado ao leitor um outro Chomsky. Diferente do professor de Lingüística do Mit e diferente do crítico radical das políticas externas dos EUA. O Chomsky aqui apresentado é o socialista libertário que pensa como transformar as realidades do capitalismo a partir de uma perspectiva anarquista.


a Anarquia: sua Filosofia, seu Ideal:Diz-se, amiúde, que os anarquistas vivem em um mundo de sonhos de futuro, e não vêem as coisas do presente. Vemo-las em demasia sob as suas verdadeiras cores, e é isso que nos faz brandir o machado nesta floresta de preconceitos autoritários que nos obsecam. Longe de viver em um mundo de visões, e de imaginar os homens melhores do que são, vemo-los tais como eles são, e é por isso que afirmamos que o melhor dos homens torna-se essencialmente mau pelo exercício da autoridade, e que a teoria da "ponderação dos poderes" e do "controle das autoridades" é uma fórmula hipócrita, fabricada pelos detentores do poder para fazer "o povo soberano" - que eles desprezam - crer que é ele quem governa.

Nestor Makhno e a Revolução Social na Ucrânia:O povo ucraniano, tendo herdado a tradição de liberdade que havia sido conservada desde o passado longínquo, soube conservar esta liberdade através dos séculos de escravidão e exprimiu agora, de modo inesperado, as forças que retinha nele mesmo: ousadia, coragem, temeridade e espírito de revolta. (...) Em seguida, ele revelou sua verdadeira face ao se transformar em Revolução social ucraniana. A partir desse momento, estas forças adquiriram um aspecto e uma constituição sólida ao assimilar as idéias libertárias; o movimento se tornou um fenômeno social, exprimindo-se de maneira brilhante, com a qual todos devem agora contar.

0 Comments:

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home