*(LITERATURA CLANDESTINA REVOLUCIONÁRIA)*MICHEL FOUCAULT LIBERTE-ME.

VC LEU MICHEL FOUCAULT,NÃO?ENTÃO O QUE VC ESTÁ ESPERANDO FILHO DA PUTA?ELE É A CHAVE DA EVOLUÇÃO DOS HUMANOS.HISTORIA DA LOUCURA,NASCIMENTO DA CLINICA,AS PALAVRAS E AS COISAS,ARQUEOLOGIA DO SABER,A ORDEM DO DISCURSO,EU PIERRE RIVIÉRE,A VERDADE E AS FORMAS JURÍDICAS,VIGIAR E PUNIR,HISTORIA DA SEXUALIDADE,EM DEFESA DA SOCIEDADE,OS ANORMAIS...EVOLUÇÃO OU MORTE!

Wednesday, July 23, 2008

Destacados intelectuais lançam manifesto contra a directiva do retorno 23/07/08

90 intelectuais, políticos e activistas sociais de quinze países americanos lançaram um manifesto contra a directiva do retorno, insurgindo-se frontalmente contra aquela lei aprovada pelo Parlamento Europeu que facilita a detenção prolongada e a expulsão de imigrantes indocumentados. Entre os subscritores encontram-se Adolfo Pérez Esquivel (Nobel da Paz argentino), Naomi Kleim (jornalista e escritora canadiana), Noam Chomsky (linguista norte-americano), Fernando Lugo (Presidente do Paraguai), Eduardo Galeano (escritor uruguaio) e o subcomandante Marcos (líder do Movimento Zapatista do México)."A Europa deveria pedir perdão ao mundo, ou pelo menos agradecer-lhe, em vez de impor por lei a perseguição e o castigo aos trabalhadores migrantes, que ali chegam expulsos pela fome e pelas guerras que os donos do mundo lhes impõem, nos países de origem". É desta forma que os noventa destacados intelectuais e activistas concluem o manifesto contra a directiva do retorno.No documento, os subscritores recordam que alguns dos seus antepassados vieram da Europa, tendo sido recebidos generosamente e que em troca os trabalhadores estrangeiros que chegam à Europa "são sempre os bodes-expiatórios, os culpados das crises de um sistema que os usa enquanto necessita e depois os despeja no caixote de lixo".De acordo com o manifesto, a Europa devia ter em conta que "não seria Europa sem a mão-de-obra barata vinda de fora e sem as riquezas que o mundo inteiro lhes deu" e a criminalização dos imigrantes "castiga como crime o livre movimento das pessoas, que é um direito há muitos anos consagrado pela legislação internacional".Além dos nomes já referidos acima, destacam-se ainda como assinantes Joao Pedro Stedile (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra, Brasil), a médica cubana Aleida Guevara e o presidente da Escola de Jornalistas do Chile, Luís Conejeros.Os imigrantes sem papéis que sejam detidos em solo europeu poderão passar até 18 meses em centros de detenção enquanto a decisão judical da expulsão não estiver pronta. Uma vez expulsos não poderão voltar à União Europeia durante cinco anos. Os menores de 18 anos não acompanhados também podem ser repatriados. Estas são as principais consequências da aprovação pelo Parlamento Europeu da directiva do retorno, depois de todas as propostas de emenda ao texto no sentido de o suavizar terem sido recusadas.

0 Comments:

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home