*(LITERATURA CLANDESTINA REVOLUCIONÁRIA)*MICHEL FOUCAULT LIBERTE-ME.

VC LEU MICHEL FOUCAULT,NÃO?ENTÃO O QUE VC ESTÁ ESPERANDO FILHO DA PUTA?ELE É A CHAVE DA EVOLUÇÃO DOS HUMANOS.HISTORIA DA LOUCURA,NASCIMENTO DA CLINICA,AS PALAVRAS E AS COISAS,ARQUEOLOGIA DO SABER,A ORDEM DO DISCURSO,EU PIERRE RIVIÉRE,A VERDADE E AS FORMAS JURÍDICAS,VIGIAR E PUNIR,HISTORIA DA SEXUALIDADE,EM DEFESA DA SOCIEDADE,OS ANORMAIS...EVOLUÇÃO OU MORTE!

Sunday, April 20, 2008

Mais um muro, desta vez em Bagdad 20/04/08

Berlin wall fall @ Potsdamer Platz 1989 in Berlin
http://br.youtube.com/watch?v=1URzkk-oa28&feature=related
O exército dos Estados Unidos iniciou a construção de um muro de betão no bairro de Sadr City, bastião do clérigo xiita Moqtada al-Sadr. A justificativa para esta obra com vários metros de altura, que separa o bairro da zona nordeste da cidade, é que é necessária para impedir que disparos de morteiros atinjam a Zona Verde, o enclave fortificado onde estão os edifícios do governo iraquiano e a embaixada dos EUA. Depois da construção do muro que cerca os territórios palestinianos ocupados, é mais um que se levanta quase 19 anos depois da queda do Muro de Berlim.

Segundo os militares norte-americanos, o muro deverá impedir o lançamento de ataques com morteiros contra outras áreas da capital. Um porta-voz militar, o coronel Steven Stover, assegurou que a rotina normal dos mais de dois milhões de habitantes do bairro não será prejudicada.Mas o porta-voz do movimento de Moqtada al-Sadr em Najaf, Salah al-Obeidi, denunciou que o muro vai criar novos problemas aos habitantes de Sadr City e provocar o seu isolamento. "Pode ser útil para a segurança, mas vai complicar a circulação de viaturas e impedir as pessoas de ir trabalhar ou fazer compras fora do bairro", disse um habitante.No sábado, pelo menos 15 pessoas morreram e cerca de 80 ficaram feridas em Sadr City, em confrontos entre o Exército Mahdi, de al-Sadr, e as forças americanas e iraquianas. Chegou assim a 110 o número de mortos desde que estes confrontos começaram, no dia 6 de Abril.Moqtada al-Sadr ameaçou iniciar uma guerra se prosseguirem as operações das forças iraquianas e americanas contra bases do seu movimento."Lanço uma nova advertência, e dou a minha palavra ao governo iraquiano, que escolha o caminho da paz e acabe com a violência contra seu próprio povo, senão será um governo de destruição", avisou o líder xiita."Se as milícias infiltradas no governo não forem detidas, vamos declarar uma guerra até à libertação", ameaçou o clérigo. Calcula-se que o Exército Mahdi conte com cerca de 60 mil homens.

0 Comments:

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home