*(LITERATURA CLANDESTINA REVOLUCIONÁRIA)*MICHEL FOUCAULT LIBERTE-ME.

VC LEU MICHEL FOUCAULT,NÃO?ENTÃO O QUE VC ESTÁ ESPERANDO FILHO DA PUTA?ELE É A CHAVE DA EVOLUÇÃO DOS HUMANOS.HISTORIA DA LOUCURA,NASCIMENTO DA CLINICA,AS PALAVRAS E AS COISAS,ARQUEOLOGIA DO SABER,A ORDEM DO DISCURSO,EU PIERRE RIVIÉRE,A VERDADE E AS FORMAS JURÍDICAS,VIGIAR E PUNIR,HISTORIA DA SEXUALIDADE,EM DEFESA DA SOCIEDADE,OS ANORMAIS...EVOLUÇÃO OU MORTE!

Tuesday, March 04, 2008

Balcanizar os Bálcãs 04/03/08 por Juan GELMAN

Parecia impossível recortar ainda mais a diminuída ex-Iugoslávia, mas não: com o reconhecimento imediato dos EUA e da maioria da União Européia, a chamada independência de Kosovo é coisa feita. Pouco importa que este ato viole o direito internacional, a Carta das Nações Unidas e resoluções de seu Conselho de Segurança. O decisivo é que assim o quiseram os “falcões-galinha” de Washington, com o apoio de uma porção bem armada da OTAN e o olhar voltado para outro lado da ONU. As conseqüências são inimagináveis e faz recordar a profética frase que Otto von Bismarck cunhara em fins do século XIX: “Quando explodir a Grande Guerra, será por alguma maldita coisa nos Bálcãs”. Assim foi.
A Espanha e outros países europeus rechaçaram a autoproclamação. Também a Rússia, a China, a Indonésia e outros países com movimentos separatistas que o exemplo poderia alentar. Até a Turquia se queixou: se a secessão de Kosovo é bem-vinda, por que não se apóia a da zona turca da ilha de Chipre? Mas, a Rússia teme, além disso, que o assunto tenha alcances mais vastos: o débil Kosovo independente se subordinará por completo às políticas dos EUA, que teria a intenção de lá estabelecer outro segmento do escudo antimísseis a fim de reforçar os da Polônia e da República Checa. O Kremlin está convencido de que se trata de um cerco perigoso para a segurança da Rússia. Não o seria também, em algum momento, para a segurança da Europa Ocidental? O centro europeu permite vigiar à direita e à esquerda.Os EUA começaram o trabalho kosovar já há alguns anos. Belgrado combatia contra o braço armado dos separatistas sérvio-albaneses, o Exército de Liberação do Kosovo (ELK), uma criatura da CIA, como Osama bin Laden. Isto foi reconhecido pela própria agência de espionagem, que lhe proporcionou treinamento, armas e dinheiro, especialmente em 1998 e 1999, pouco antes de que os EUA e a OTAN bombardeassem a ex-Yugoslávia durante 11 semanas. O Departamento de Estado qualificou oficialmente o ELK de “movimento insurgente”, embora seus altos funcionários falassem off the record que eram terroristas. Sim. Milosevic não foi nenhuma rosa cândida, mas a minoria sérvia de Kosovar não esquecerá o 17 de março de 2004: o ELK atacou, matou duas dezenas de civis, queimou todas as igrejas ortodoxas e deixou na rua 60.000 sérvio-kosovares. Frente à indiferença das forças de paz da ONU estacionadas em Pristina, a capital, e na província.W. Bush felicitou calidamente o primeiro-ministro da nova república kosovar, Hashim Thaci, líder do ELK convertido em Partido Democrático de Kosovo (PDK), ainda que suas referências não sejam precisamente encantadoras. “O PDK, dirigido por Hashim Thaci, tomou o controle de muitas municipalidades depois da guerra. O partido tem vínculos estreitos com o crime organizado na província” (The Observer, 29-10-00). “O ELK está relacionado com todos os cartéis da droga conhecidos do Médio e Extremo Oriente. A Interpol, a Europol e quase todos os organismos de segurança e de combate ao narcotráfico da Europa possuem dossiês dos sindicatos da droga que conduzem diretamente ao ELK”, sublinhou Michael Levine, ex-funcionário da DEA. Estima-se que Hashim Thaci, além disso, controla de 10 a 15 por cento de variadas atividades delitivas em Kosovo: contrabando de armas e cigarros, roubo de automóveis, prostituição e outras miudezas.Há dias, muitos jornais do mundo reproduziram una fotografia célebre tomada em 1999: mostra o chefe terrorista, Hashim Thaci, o observador da ONU em Kosovo e hoje ministro das Relações Exteriores da França, Bernard Koucher, Sir Mike Jackson, então comandante das tropas de ocupação da OTAN em Kosovo, Agim Ceku, chefe militar albano-kosovar acusado de crimes de guerra pelos militares canadenses, e o general Wesley Clark, naquele momento comandante supremo da OTAN, unindo suas mãos em montinho jurando alcançar a independência do Kosovo. As atividades de Hashim Thaci já eram bem conhecidas.
O muito francês Observatório Geopolítico de Drogas informou que o ELK ajudava a introduzir na Europa Ocidental heroína e cocaína no valor de dois bilhões de dólares a cada ano. Os agentes alemães que combatem os narcotraficantes afirmaram que os do Kosovo “lavam anualmente um bilhão e meio de dólares por intermédio de 200 bancos privados ou agências de câmbio” (The Washington Times, 4-5-99). São os aliados de W. Bush na pretensiosa tarefa de expandir a democracia e a liberdade no mundo. De passagem, anuncia que vetará qualquer projeto de lei que impeça as forças de segurança norte-americanas de aplicar a tortura. Por que não?

2 Comments:

  • At 5/23/2013, Anonymous Anonymous said…

    This design is steller! You certainly know how to keep a reader amused.

    Between your wit and your videos, I was almost moved to
    start my own blog (well, almost...HaHa!) Wonderful
    job. I really enjoyed what you had to say, and more than that,
    how you presented it. Too cool!

    Have a look at my web site ... click here

     
  • At 6/01/2013, Anonymous Anonymous said…

    laser treatment rosacea Burt Lake

    Here is my blog post; Leeds rosacea treatment

     

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home