*(LITERATURA CLANDESTINA REVOLUCIONÁRIA)*MICHEL FOUCAULT LIBERTE-ME.

VC LEU MICHEL FOUCAULT,NÃO?ENTÃO O QUE VC ESTÁ ESPERANDO FILHO DA PUTA?ELE É A CHAVE DA EVOLUÇÃO DOS HUMANOS.HISTORIA DA LOUCURA,NASCIMENTO DA CLINICA,AS PALAVRAS E AS COISAS,ARQUEOLOGIA DO SABER,A ORDEM DO DISCURSO,EU PIERRE RIVIÉRE,A VERDADE E AS FORMAS JURÍDICAS,VIGIAR E PUNIR,HISTORIA DA SEXUALIDADE,EM DEFESA DA SOCIEDADE,OS ANORMAIS...EVOLUÇÃO OU MORTE!

Monday, April 21, 2008

Hamas desmente Jimmy Carter e diz que não reconhecerá Israel 21/04/08


Em missão pelo Oriente Médio, Carter se encontrou na semana passada, na Síria mesmo, com líderes do Hamas. Mais cedo, o ex-presidente afirmou que o Hamas estaria preparado para aceitar o direito de Israel de "viver como um vizinho em paz". Mashaal afirmou posteriormente que o futuro Estado palestino deve necessariamente ter Jerusalém como sua "genuína" capital. Ele não deixou claro, porém, se o grupo exige a cidade inteira como sua capital ou apenas o lado de predominância árabe.O líder do Hamas reiterou a posição de que aceitaria a existência do Estado de Israel desde que dentro das fronteiras existentes antes da guerra de 1967 - quando foram anexadas a Faixa de Gaza, a Cisjordânia e as Colinas do Golã. Além disso, Mashaal afirmou que o Estado palestino deverá ser soberano, sem colônias israelenses, e exigiu o direito de regresso dos refugiados palestinos.Carter, que está em Jerusalém nesta segunda-feira, foi criticado pelos Estados Unidos e por Israel por visitar Damasco, a capital da Síria, para se encontrar com o líder político do Hamas, Khaled Meshaal, na semana passada. "O problema não é que eu me encontrei com o Hamas na Síria. O problema é que Israel e os Estados Unidos se recusam a se encontrar com alguém que precisa estar envolvido (nas negociações)", disse Carter em discurso no Conselho Israelense para Relações Exteriores.Historicamente, o movimento islâmico palestino nunca aceitou a existência de Israel nem a possibilidade de negociar um acordo de paz. Na carta de fundação do Hamas, ainda aparece uma chamada à destruição do Estado judeu e a recuperação da Palestina histórica pela via da resistência.

Também nesta segunda-feira, um porta-voz do Hamas ameaçou realizar "duros ataques" a Israel e disse que os últimos atentados contra postos fronteiriços na Faixa de Gaza não eram mais do que "prática". Os ataques cometidos na última quinzena contra os terminais israelenses foram apenas "um passeio pelo parque", disse o líder islâmico Abu Jandal à imprensa palestina, conforme a versão on-line do jornal Ha'aretz.O atentado suicida deste fim de semana contra o posto de entrada de ajuda humanitária de Kerem Shalom e o do dia 9 contra o de Nahal Oz, por onde passa o combustível, deixaram dois israelenses mortos e 16 feridos, mas também demonstraram a capacidade dos islamitas para se aproximar do território israelense.Israel reduziu ainda mais o envio de combustível à Faixa de Gaza, fechou temporariamente o terminal de Kerem Shalom e intensificou os ataques ao território palestino, além de anunciar controles mais severos sobre a passagem de produtos.


serviço secreto israelense








0 Comments:

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home