*(LITERATURA CLANDESTINA REVOLUCIONÁRIA)*MICHEL FOUCAULT LIBERTE-ME.

VC LEU MICHEL FOUCAULT,NÃO?ENTÃO O QUE VC ESTÁ ESPERANDO FILHO DA PUTA?ELE É A CHAVE DA EVOLUÇÃO DOS HUMANOS.HISTORIA DA LOUCURA,NASCIMENTO DA CLINICA,AS PALAVRAS E AS COISAS,ARQUEOLOGIA DO SABER,A ORDEM DO DISCURSO,EU PIERRE RIVIÉRE,A VERDADE E AS FORMAS JURÍDICAS,VIGIAR E PUNIR,HISTORIA DA SEXUALIDADE,EM DEFESA DA SOCIEDADE,OS ANORMAIS...EVOLUÇÃO OU MORTE!

Wednesday, May 07, 2008

Venezuela completará Frota de Sukhois Su-30MK2, em 2008 07/05/08

Venezuela's Bolivarian revolution
http://br.youtube.com/watch?v=eO5jxyRtxTQ
Caracas, -- A Venezuela prevê fortalecer, até finais de 2008, a Força Aérea da Venezuela com os últimos quatro novos aviões Sukhoi Su-30MK2, de fabricação russa, com base nos contratos de compra de equipamentos militares assinados pelos governos de Caracas e Moscou.Segundo o comandante geral da Aviação Militar Bolivariana (AMB), general-de-divisão Luis José Berroterán Acosta, os quatro aviões são "a última entrega de sistemas de armamento" adquiridos à Rússia, como parte de um programa para modernizar aquela Força Aérea.Aquele militar falava aos jornalistas durante os XXVIII Jogos Inter-Institutos Militares das Forças Armadas Venezuelanas, sublinhando que com a entrega, prevista para o segundo semestre de 2008, estará completa a nova frota de aviões Sukhoi Su-30MK2 que atualmente é prevista para 24 aeronaves.
"E até finais deste semestre teremos da China um satélite de comunicações para uso pacífico, assim como os últimos sete radares para defesa aérea", disse. A Venezuela comprou 10 Radares JLY-1 adquiridos na China, três já estão operando na Venezuela, no Comando de Operaciones de la Defensa Aérea, da Fuerza Aérea Venezolana. Os radares e seus sistemas complementários (Centro de Comando e Controle e geradores) estão montados em viaturas 4x4 e 6x6 North-Benz da Série 2629A (modelos Mercedes-Benz fabricados na China).Segundo autoridades militares venezuelanas, os três primeiros radares estão sendo instalados em Paraguaná e Mene Mauroa, localidades do Estado Falcón e no Estado Apure.O Comandante da FAV ressaltou ainda que a Venezuela continuará a modernização da aviação militar prevendo receber, em breve, um lote de helicópteros, cujas características e quantidade não precisou.As divergências entre Caracas e Washington levaram a Casa Branca a proibir, em 2004, a venda de armas que tivessem componentes fabricados nos EUA à Venezuela.A medida fez com que Caracas negociasse com Moscou a compra de material militar, nomeadamente fuzis Kalashnikov Ak-103 e aeronaves: caças e helicópteros.
Por sua parte, o comandante da Armada, vice-almirante Zahím Alí Quintana Castro, adiantou que este aoo seguirão executando a "Operación Armada Socialista", com a diferença de que terá um "sentido humanista"."Alguém disse que preferimos hoje em dia ver a face agradecida de uma criança ou ancião que ganhar mil batalhas cuando fazemos estas ações, levando saúde a esses povoados que são de difícil acesso por estradas mas que são áreas de atuação da Armada", ccomentou o vice-almirante, segundo a Agencia Bolivariana de Notícias.Destacou o alto oficial que o componente naval acompanha a intenção geopolítica do Estado Socialista, que tem sido iumplementada pelo presidente Chávez.

0 Comments:

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home