*(LITERATURA CLANDESTINA REVOLUCIONÁRIA)*MICHEL FOUCAULT LIBERTE-ME.

VC LEU MICHEL FOUCAULT,NÃO?ENTÃO O QUE VC ESTÁ ESPERANDO FILHO DA PUTA?ELE É A CHAVE DA EVOLUÇÃO DOS HUMANOS.HISTORIA DA LOUCURA,NASCIMENTO DA CLINICA,AS PALAVRAS E AS COISAS,ARQUEOLOGIA DO SABER,A ORDEM DO DISCURSO,EU PIERRE RIVIÉRE,A VERDADE E AS FORMAS JURÍDICAS,VIGIAR E PUNIR,HISTORIA DA SEXUALIDADE,EM DEFESA DA SOCIEDADE,OS ANORMAIS...EVOLUÇÃO OU MORTE!

Sunday, June 29, 2008

Criação do Novo Partido Anticapitalista preocupa socialistas na França 29/06/08

A primeira reunião nacional para a constituição do Novo Partido Anticapitalista (NPA) terminou hoje, após serem estabelecidas as bases de uma legenda francesa que pretende se manter à esquerda do Partido Socialista (PS), o qual observa com inquietação a criação desta força política. A essência do futuro NPA, que deve estar formalmente constituído até janeiro, é seu líder e porta-voz da trotskista Liga Comunista Revolucionária (LCR), Olivier Besancenot, que, nas eleições presidenciais do ano passado, conseguiu com sua candidatura 1,5 milhão de votos. Hoje, no último dia da reunião realizada em Saint-Denis, nos arredores de Paris, Besancenot afirmou que a nova legenda será integrada por "gente que vem de lugares diferentes, com aspirações diferentes, de gerações diferentes".
"Chegam com um militante passivo e querem discutir idéias e projetos de sociedade" afirmou. "Isso, às vezes, pode gerar faíscas, mas é melhor ter de passar por esse tipo de problemas que sofrer a rotina dos militantes", ressaltou o líder trotskista, que lembra que nas eleições municipais de março a LCR conquistou mais de 10% dos votos em 30 cidades francesas. Ele assegurou que o NPA não pretende se levantar contra o PS ou contra o Partido Comunista Francês (PCF), porque "não deve ser o voto do aborrecimento ou da frustração. Tem vocação de ser mais alegre que a última esperança". Sobre sua ideologia, afirmou que "o partido não será trotskista, mas aberto às diferentes contribuições do movimento operário e das lutas de emancipação. Por exemplo, para o feminismo ou para a ecologia. Lutará por uma transformação revolucionária da sociedade".
De acordo com Besancenot, o debate dentro do PS está longe "das preocupações da população. Os socialistas efetivamente se puseram de acordo sobre o essencial, em sua declaração de princípios: se situam na economia de mercado". "Chamemos as coisas por seu nome. Qualquer que seja o eleito na direção de seu partido defende o sistema capitalista", apontou em forma de denúncia. Sobre a preocupação que a iniciativa do NPA causou entre os socialistas, que chegaram a criar uma célula para observar sua evolução, o líder da extrema esquerda opinou que "mais valia que o PS vigiasse o programa do Governo que é aplicado progressivamente, do que vigiar o espaço político que lhe escapa pela esquerda".

0 Comments:

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home