*(LITERATURA CLANDESTINA REVOLUCIONÁRIA)*MICHEL FOUCAULT LIBERTE-ME.

VC LEU MICHEL FOUCAULT,NÃO?ENTÃO O QUE VC ESTÁ ESPERANDO FILHO DA PUTA?ELE É A CHAVE DA EVOLUÇÃO DOS HUMANOS.HISTORIA DA LOUCURA,NASCIMENTO DA CLINICA,AS PALAVRAS E AS COISAS,ARQUEOLOGIA DO SABER,A ORDEM DO DISCURSO,EU PIERRE RIVIÉRE,A VERDADE E AS FORMAS JURÍDICAS,VIGIAR E PUNIR,HISTORIA DA SEXUALIDADE,EM DEFESA DA SOCIEDADE,OS ANORMAIS...EVOLUÇÃO OU MORTE!

Thursday, July 10, 2008

explode a luta popular no peru.10/07/08 america latina ou morte!!!

http://syscgtp.cgtp.org.pe/index.php
O Peru paralisou esta quarta-feira numa greve geral convocada pela Confederação Geral dos Trabalhadores do Peru (CGTP) contra a política económica do presidente Alan García. Os trabalhadores grevistas realizaram manifestações e bloqueios de estradas. Uma sede de governo regional foi incendiada e mais de 200 pessoas presas após choques com a polícia.


Para a CGTP, a paralisação foi "contundente e bem sucedida em nível nacional". Os trabalhadores exigem do governo um aumento geral dos salários para compensar "a alta persistente do custo de vida", e a "mudança da política económica neoliberal, que atenta contra os interesses dos mais pobres". Exigem ainda o fim da criminalização do protesto social e a luta contra a corrupção governamental, disse em conferência de imprensa o secretário-geral da CGTP, Mario Huamán."Acho que o governo deve fazer uma profunda autocrítica. Nós exigimos uma mudança de rumo na economia, na política social e na moral pública", afirmou o dirigente sindical.




As Forças Armadas e a polícia ocuparam pontos estratégicos durante a greve, como os aeroportos e as instalações de fornecimento de água e luz.
O presidente Alan García estimou que a população não apoiou a paralisação, mas admitiu que "há insatisfação num grande sector da sociedade peruana".Segundo a polícia, 216 pessoas foram detidas nos diversos bloqueios montados pelos grevistas nas estradas do país.

Na cidade de Puerto Maldonado, na fronteira com o Brasil, manifestantes exaltados saquearam e incendiaram a sede do governo regional de Madre de Dios. "Uma turba descontrolada incendiou a sede do governo regional em Madre de Dios, atacando os funcionários com flechas", disse à agência France Press o chefe de gabinete do governador regional, Jorge del Castillo.
O protesto acontece no momento em que o país se destaca pelo crescimento económico de 8,3% registrado em 2007, um dos mais altos da região e que contrasta com os piores salários do continente e níveis de pobreza em 40% da população.




0 Comments:

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home